domingo, 4 de setembro de 2011

Anjos no Céu!


MÃEZINHAS, SEGUE A
LETRA DE UMA MÚSICA PARA VOCÊS QUE EU DEI UMA ADAPTADINHA POIS QUANDO EU ESTAVA
ESCUTANDO EU SENTI ELA DESSA FORMA... E SEGUE.


Mãe,
Resolvi pedir a Deus pra que eu possa
te guardar, ser seu anjo protetor e te velar e te cuidar.
Quando eu precisei pôs tua vida em mim,
me deixou voltar ao papai do céu e parar de sofrer.
Deus me permitiu ser seu anjo no céu.
Eu pedi pra Deus gravar o teu nome em
minha mão. Papai do céu foi muito mais além te gravou em meu CORAÇÃO. Já não
posso mais esquecer de Ti.
Tua vida Deus transplantou em mim.
Sou teu anjo aqui, que intercede por
ti, estou num pedaço do céu pra te CUIDAR e te OLHAR.
Sou seu anjo aqui bem pertinho de ti.
Basta acreditar sou teu anjo aqui.
Esta música é a faixa 9.Sou teu anjo do nosso CD Ágape gravado pelo Padre Marcelo Rossi. E ela é de Dalvimar Gallo.
Para cada uma seu anjo estará cuidando de vocês!
A minha anjinha Rita já providenciou o cuidadinho dela.









quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Mais uma chance!


Mais Um Momento, Mais Uma Chance
Quanto mais tenho que perder antes do meu coração parar?
Quanta dor mais eu terei que sofrer, para te encontrar novamente?
Mais uma vez, oh estações, não desapareçam
Mais uma vez, enquanto estávamos brincando de gestação
Mais uma chance, as memórias pararam minhas pernas
Mais uma chance, Eu não posso escolher meu próximo destino
Eu estou sempre procurando por sua imagem aparecer em algum lugar
Nas nuvens, No céu
Mesmo sabendo que você não vai aparecer em um lugar assim
Se meu desejo tivesse que se tornar realidade, Você estaria do meu lado pra sempre
Não existiria nada que eu não pudesse fazer
Eu colocaria tudo à risca e te abraçaria forte, Eu te mostraria tudo
Se eu somente quisesse distrair minha solidão,
Olhar sua foto seria o suficiente
As estrelas parecem estar caindo pela noite,
O por que de eu não poder mentir para mim mesma que você está aqui
Mais uma vez, oh estações, não desapareçam
Mais uma vez, enquanto estávamos brincando em nossa gestação
Eu estou sempre procurando por sua imagem aparecer em qualquer lugar
Até quando estou atravessando a rua, Até no meio dos meus sonhos
Mesmo sabendo que você estará em um lugar assim
Se um milagre pudesse acontecer, Eu gostaria de te mostrar o imenso amor que tenho por ti
Uma nova manhã, quem eu vou ser a partir de agora..
E as palavras que eu nunca disse: Eu te amo filha e nunca pude te dizer em vida.
As memórias dos nossos nove meses e três dias minha palpitação de repente sumiu..
Eu estou sempre procurando por sua imagem aparecer em algum lugar
Nos meus sonhos, no rosto de alguma criança
Mesmo sabendo que você estará aqui
Se meu desejo tivesse que se tornar realidade, Eu gostaria de você de volta pra mim
Não existiria nada que eu não pudesse fazer, mas a verdade é que eu não pude fazer nada
Eu colocaria tudo à risca e te abraçaria forte, Eu te mostraria, daria minha vida pela sua
Eu estou sempre procurando por seus objetos que aparecerem sempre em qualquer lugar
Numa loja de departamentos, Numa loja de coisas para bebês
Mesmo sabendo que você não estará em um lugar assim
Se um milagre pudesse acontecer, Eu gostaria de te mostrar imediatamente
Uma nova manhã, quem eu vou ser a partir de agora..Sua mãe
E as palavras que eu nunca disse: Eu te amo.
Eu acabo sempre procurando por seu sorriso aparecer em meus sonhos
Numa viagem pensando que poderia estar te levando
Mesmo sabendo que não estará num lugar assim
Se nossas vidas pudessem ser recomeçadas
Não importa quantas vezes fossem, Eu pediria a Deus para você voltar pra mim
O que eu poderia querer, depois não seria mais nada.. Nada que não fosse você!

quinta-feira, 28 de julho de 2011

CHEGOU O CORAÇÃO PARA O CAUÊ! OBRIGADA SENHOR!

NOTÍCIA MUITO BOA:"Desde às 3h da manhã ficamos sabendo que encontraram um coração para o Cauê, estão indo buscar o órgão. O nosso pequeno guerreiro já está preparado para a cirurgia, só está aguardando a chegada do coração. Por favor amigos, orem para qu...e o órgão seja bom para que façam o transplante. Quando ele entrar na sala de cirurgia eu aviso a todos. POR FAVOR, VAMOS FAZER UMA CORRENTE DE ORAÇÃO PARA O NOSSO PRÍNCIPE CAUÊZINHO!! ELE JÁ É UM VENCEDOR!! OBRIGADA SENHOR!! OBRIGADA AMIGOS!! Fiquem com Deus. "

quarta-feira, 27 de julho de 2011

Um coração para meu amiguinho Cauê

Olá pessoal! Este menininho lindo da foto é meu amiguinho Cauê.

Ele tem 2 aninhos e 4 meses e tem uma doença chamada
 Miocardiopatia Dilatada, precisa de transplante de coração com urgência.  

Está internado na UTI Neonatal do Incor em São Paulo.

É uma criança abençoada, sempre sorrindo e conquistando à todos com a sua alegria. Precisamos de ajuda na divulgação e mais do que tudo, precisamos de orações por ele. 

Orações para que seu coração chegue o mais rápido possível.

Abaixo um trecho divulgado pela revista Época, com palavras da mãe do Cauê, Viviane Suzin, há 40 dias na UTI, sedado e entubado, Cauê tem uma única chance.

“Não desejo que a vida de uma criança termine para que meu filho possa viver, mas peço a Deus que toque o coração dos pais que acabaram de sofrer uma perda.” Diz Viviane




Nos juntamos nessa campanha, por acreditar que meu amiguinho do coração será agraciado com muitos e muitos momentos de alegria!

Em oração por você e por sua família também!

segunda-feira, 30 de maio de 2011

Artigo

Consolar
Certamente você já ouviu dizer muitas vezes o quanto é importante saber consolar. Mas afinal, o que realmente significa “consolar”? Essa palavra é de origem latina, vem de cum + solus, isto é, “com quem está só”. Assim, oferecer consolação é uma das mais belas maneiras de cuidar de alguém.
Nossa vida, repleta de limitações e fragilidades, é cheia de dor, tristeza e solidão. Sofremos pela perda de alguém, por aborrecimentos e decepções, pela sensação de estar sozinho no mundo. É nesses momentos que o poder de consolar se faz mais necessário.
Devemos sempre estar dispostos a oferecer consolo àquela mãe padecendo a perda do filho, àquele jovem doente que já não vê mais horizonte, àquele que se encontra tomado pelo desespero, àquele que não encontra sentido na vida a ponto de pensar em termina-la...
Consolar não significa arrancar a dor da pessoa, eliminar o que ela está sentindo. Às vezes o sofrimento é pedagógico e nos faz crescer. Consolar é, antes e acima de tudo, estar junto. É estar presente e dizer om todo o coração: “Você não está sozinho, estou com você, eu caminho ao seu lado. Juntos, podemos carregar qualquer fardo, qualquer cruz, transpor qualquer obstáculo. Não tenha medo. Eu estou aqui!”. Consolar não é proferir discursos elaborados nem repetir palavras vazias. É fazer o outro sentir a sua presença. O seu amor.
Padre Juarez de Castro, Nas Asas da Esperança, Editora Alaúde, página 12.

quarta-feira, 6 de abril de 2011

Símbolo da Cardiopatia Congênita



Apresentamos o laço
símbolo da cardiopatia congênita, que é resultado de esforços conjuntos da
equipe da AACC Pequenos Corações, bem como familiares e amigos que apoiam a
causa. Assim como o símbolo adotado nos EUA, suas cores lembram o fluxo
sanguíneo no coração, ou seja, o vermelho representando o sangue arterial, e o
azul, o sangue venoso. O encontro dos dois laços forma um coração e o pingente
do centro, também em formato de coração pretende representar que são corações
envoltos por outros corações, e dessa união, a causa! Em breve também em
arquivo digital para uso nas redes sociais. Equipe AACC Pequenos Corações

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Heroínas

"Não existe fórmula para sobreviver às grande perdas, não existe um único lugar onde se possa encontrar uma maneira de viver após a perda, não existe sequer alguém que possa reduzir a dor de uma grande perda.
A perda é sempre uma história interrompida, pode ser repentina ou pode ter sido gradual, dói. Dói tanto, tão profundamente, tão continuamente, tão diariamente.....que às vezes brinco comigo mesma que sou superpoderosa. Eu não conto pra não ficar chato.....mas penso!
E penso exatamente isso de todas as mães órfãs de filho. 
Se eu ainda consigo andar, comer sem babar, falar coisas que fazem algum sentido, vestir roupas que se combinam....sou uma heroína. 
Todas as mães que perderam e " as que lutam diariamente pela vida de seus filhos" são heroínas. 
(Autor desconhecido)

PEQUENOS CORAÇÕES

AACC - Pequenos Corações


É uma associação que atende e dá suporte a crianças cardiopatas e seus familiares.
Podemos falar com bastante propriedade sobre o trabalho desenvolvido pela Pequenos Corações.
São mães carentes que vem de todo o país, sem ter onde dormir, tomar banho, se alimentar, com os filhos nos braços a procura de atendimento e socorro.
Presenciamos inúmeras situações de mães, com chinelos nos pés, sem ter onde ficar e com o filho prestes a passar por uma cirurgia cardíaca, serem abraçadas e amparadas, em todos os sentidos, pela Pequenos Corações.
Esta instituição faz um trabalho lindo e que dá a muitas crianças a oportunidade de serem tratadas e de viver.
Vivenciamos a Márcia Adriana ( uma das fundadoras da AACC) batalhar para transportar crianças e conseguir o tratamento de meninos e meninas de todo o Brasil.
É por causa desse lindo trabalho que nós... 

APOIAMOS ESSA CAUSA!

A AACC se mantém através de doações de amigos e colaboradores, que assim como nós, vivem essa realidade. Hoje, a AACC está passando por uma situação complicada e precisa da sua ajuda para continuar atendendo as mães.

Convidamos vocês que nos acompanham a conhecer um pouco da AACC
Torne-se um colaborador e apoie também essa causa.

Nós apoiamos!
Além de doações, você pode adiquirir camisetas e calendários.
Email para contato: contato@pequenoscoracoes.com

Facebook: Pequenos Corações AACC


Doações
Banco do Brasil
Agência: 3386-3
CC : 18603-1
CNPJ : 12.642.388/0001-03

Mais um desabafo!

Eu só queria que entendessem que o fato da minha filha não estar aqui.. não significa que desejo mal a quem tem filhos ou está grávida... Só queria que não achassem que sou uma sombra negra na vida de ninguém. Eu só queria que me tratassem como me tratavam antes.. que não desconsiderasse que sou MÃE também só por que minha filha não está aqui. O fato de me tratarem diferente, ou evitar falar de determinados assuntos na minha frente é pior. Me sinto mais sozinha do que já estou.
Se deseja me ver.. vem me visitar.. não fica me pedindo para ir até sua casa pra que possa me ver. Quer me abraçar? Venha até mim.. o que tem de errado na minha casa que você não quer entrar lá. O fato da minha filha ter virado anjo não significa que minha casa seja mal assombrada..
Você é meu amigo.. tem certeza disso? Saiba que sinto falta de você...
Acho que esperei muito de muita gente que eu achava que me amava, mas o fato da minha filha ter morrido parece que as pessoas deixaram de gostar de mim e se afastaram de mim no lugar de me dar apoio.
Vai ver que por que não sou aquilo que eu achava.. Eu sempre achei que era uma boa pessoa.. pelo menos eu tentava que isso fosse verdade.
Mas o maravilhoso mundo de Dorothi.. deixou de ser maravilhoso. (um dia escutei de um conhecido – VOCÊ VIVE ONDE NO MARAVILHOSO MUNDO DE DOROTHI? ACORDA!)
Sinal que para mim a vida era bela.. que pra mim as pessoas não tinham maldade no coração.. que eu gostava de todos e todos gostavam de mim....
E não é bem assim. Tem telefone? Me ligue! Não sabe meu número!? Me pergunte, por email, Orkut, MSN.... alguma forma vc encontrará pra me achar..
Chore comigo, ria comigo. Faça da minha história uma alavanca para a conquista do seu objetivo, e do meu se for possível e se é que eu tenho um hoje!
Mas pra que estou escrevendo tudo isso.. se você se quer vai se dar o trabalho de ler.. no mínimo vai pensar.. lá vem ela novamente com mensagens de lamentações ou com recados tristes ou com orações dizendo que tem medo da morte. No mínimo você vai pensar que eu tenho que parar com isso.. que tenho que viver.. afinal a vida é pra ser vivida não é mesmo!
Você já passou por isso? Já perdeu um filho? E não importa quanto tempo tinha minha filha.. só 3 dias??? E não adianta me dizer que se ela tivesse 3 anos seria pior!!!!
É pior.. sempre será pior .. em qualquer idade é pior! 3 décadas, 3 anos, 3 meses, 3 dias, 3 horas, 3 minutos, 3 segundos!!!!! A dor é a mesma... ou você ama seu filho (a) mais velho (a) mais do que o mais novo por que ele tem mais tempo de vida????? Ama???? Não né... o amor é o mesmo.. então não venha me dizer que depois seria pior.. eu jamais pensei em não amar minha filha por que ela podia morrer um dia.. afinal todos nós morreremos um dia.. ou você pensa que não amo minha família porque um dia eles morrerão e não quero sofrer com isso!
Me tratem como uma pessoa normal e não como a coitada que perdeu a filha... Se um dia eu começar a falar sobre a minha filha, me deixa falar, se estou falando é porque eu quero e não importa se isso me fará bem ou mal. Se eu chorar.. me deixa chorar.. é melhor colocar pra fora do que ficar remoendo por dentro..
Quer me bater? Pode ficar querendo!
Quer me xingar? Pode ficar querendo!
A menos que você já tenha devolvido um filho.. você não tem razão pra isso..
A e tudo isso que eu escrevi não foi diretamente pra você que ta achando que foi pra você mesmo (a), isso tudo é pra todos, por que todos que eu conheço se encaixam neste perfil!
Se eu tenho que viver? Ou continuar?? Eu sei que tenho, mas ainda não aprendi como se faz isso!!! E pode ter certeza que não vai ser você que vai me ensinar!
Ah.. não deixei de acreditar em Deus não, ta! Só pra você saber!

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

DIFICULDADE

Uma dificuldade poderá despedaçá-lo ou poderá torná-lo mais forte.
Tudo depende de como você aceitará e o que fará com ela.
É como pegar uma faca que pode cortar-nos ou servir-nos para cortar, dependendo do jeito como a seguramos, pelo cabo ou pela lâmina.

Agarre sua dificuldade pela lâmina e será cortado.
Segure-a pelo cabo e poderá usá-la construtivamente.

Sempre pense de forma positiva. Você deve ficar contente por ter algumas dificuldades.
A vida não merecia ser vivida sem elas. Este elemento na vida pode ter seus aspectos desagradáveis, mas a dificuldade é, ainda, essencial à evolução das pessoas.

Muita gente tem me escrito para se queixar dos seus problemas e dificuldades.
Perguntam: Por que há necessidade de tantos problemas?

Na realidade, problemas são sinais de vida. Quanto mais problemas, mais revigorante e desafiadora se torna a vida.

A melhor maneira para solucionar dificuldades é manter-se calmo.
Não tente resolver uma dificuldade a menos que esteja mentalmente sereno. É importantíssimo pensar calmamente, desta forma a mente vem fazer o que lhe compete que é raciocinar com inteligência.

Pratique o uso do silêncio. Diante de uma dificuldade, use o silêncio, pare, pense, reflita. Crie uma escala mental de prioridades, causas e efeitos. Raciocine no silêncio, desta forma a mente é iluminada por forças surpreendentes que o ajudarão a chegar à melhor solução.

Admiro muito os orientais, eles praticam a serenidade num alto grau de eficiência. Uma das características que mais admiro é esta habilidade de manter-se quieto, controlado e impassível diante da dificuldade.

Se você precisa resolver uma dificuldade, lembre do ensinamento:
“Resolva uma dificuldade e afastará uma centena”.

Pense Nisso.

Encontro 19/02 T4F e Pais e Mães de anjos!

Cláudia (mãe anjinho do Matheus - T4F) - Patricia (mãe da anjinha Rita T4F extrema)
Déia (mamãe desse garotão lindo Tallys - P.O. T4F) - Cris (P.O. T4F)
*T4F - cardiopatia congênita - Tetralogia de Fallot

Jadilson e Patricia (pais da anjinha Rita - T4F extrema)
Claudia e Thiago (pais do anjinho Matheus - T4F)
E Tallys lindão P.O. T4F
Encontro mais do que bom... Pessoas maravilhosas... e novos amigos amados com certeza...
Neste encontro tive a certeza de que a Rita está lá no céu intercedendo por nós.. Né Cris!

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Oração do Aflito

Deus, eu vim com o meu coração partido. Eu fui pisado caluniado por inimigos. O que fazer com o farrapo que restou. Deus, parece que todos se esqueceram de mim. Tu és o único, se me esquecer chegou ao fim. Vem socorrer a minha vida, oh meu Deus. Deus, até quando me provarás tanto assim. E nas vigílias, podes olhar, estou ali. Também preciso receber a minha benção. Deus, tal como Jó estou sofrendo nesta hora. Mande um anjo prá trazer minha vitória. Se não, confesso, assim não agüentarei.Ouve-me, estou aflito te clamando nesta hora. Oh, por favor, mande a tristeza ir embora. Eu não agüento viver sofrendo tanto assim. Mande uma palavra que console o coração. Venha tirar-me de tão grande aflição. Fica comigo, oh não me deixes assim.Deus, é bem verdade que Seu Filho aqui sofreu. Pagou por erros em que nunca cometeu. Tudo por mim, mas mesmo assim Ele venceu. Deus estou sofrendo carregando a minha cruz. Mas eu preciso de uma palavra, meu Jesus. Que me encoraje em tão grande aflição. Deus, uma palavra de consolo, é o que eu quero. Com tua graça eu venço a guerra e o inferno. Não quero ser mais um covarde na batalha. Deus, quero a resposta desta minha oração. Vem consolar este pobre coração. Pois sem Tua graça, jamais eu suportarei. Ouve-me, estou aflito te clamando nesta hora. Oh, por favor, mande a tristeza ir embora. Eu não agüento viver sofrendo tanto assim. Mande uma palavra que console o coração. Venha tirar-me de tão grande aflição. Fica comigo, oh não me deixes assim.

sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

Amor eterno...

Amor Eterno


Que as lágrimas não nos impeçam de nos lembrar que uma pessoa que chega na nossa vida é um presente que nos foi oferto.

Há presentes assim valiosos que não duram muito, quando nossos corações desejariam que durassem eternamente e ignoramos por que eles se vão quando a vida parece apenas começar.

Mas se nos perdemos nesse mundo de questões sem respostas, a dor será muito maior que as lembranças de tudo o que a vida nos permitiu juntos enquanto durou a caminhada na terra.

Se tivéssemos que voltar atrás, teríamos preferido não ter encontrado, não ter conhecido, somente por que não pudemos guardá-lo no nosso seio mais tempo?

Não...

O vento passa, mas nos refresca; a chuva vem e vai, mas sacia a terra. O importante mesmo não é a quantidade de tempo que as coisas ou pessoas duram, mas a riqueza que elas trazem à nossa alma, o amor que nos permitimos dar e o que aceitamos receber.

As dores das partidas definifivas são indizíveis, indefiníveis, mas que elas nunca nos impeçam de nos lembrar da vida compartilhada.

Que as lágrimas não nos impeçam de sorrir novamente um dia quando a dor for mais amena e as lembranças felizes começarem a voltar, como as flores no jardim a cada primavera.

A eternidade existe para que esperemos por ela, para que tenhamos o consolo de saber que um dia, se o Deus-Pai permitir, Ele que nos ama de amor infinito, poderemos novamente nos encontrar.

(copiado do blog http://sophiaprincesaguerreira.blogspot.com/  da mamãe da anjinha Sophia, a Evelyn)

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Encontro

ATENÇÃO

DIA 19/02/2011 – 15 h – TEREMOS ENCONTRO DE CARDIOPATAS E PAIS E MÃES DE ANJOS, NO SHOPPING TATUAPÉ - SP.
É SÓ APARECER POR LÁ.
QUALQUER DÚVIDA ENVIAR E-MAIL PARA empanjos@hotmail.com

BJUS ATÉ LÁ

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Espontâneo - Adenísio

Terminou o ano de 2010!

Algumas esperanças não foram alcançadas, alguns objetivos não foram atingidos, algumas metas não foram cumpridas, alguns sucessos não apareceram, alguns sonhos não foram realizados; O ano de 2010 terminou, 
perdemos alguns amigos, perdemos algumas coisas de valores materiais, tivemos momentos de tristezas, tivemos enfermidades, tivemos distâncias no corpo, tivemos momentos difíceis, obscuridades surgiram, montanhas se levantaram, ventos contrários sopraram fortemente, ondas fortes também se levantaram contra o nosso barquinho, derramamos algumas lágrimas...
Mas GRAÇAS AOS NOSSO PODEROSO, MARAVILHOSO, PIEDOSO, MISERICORDIOSO DEUS E NOSSO AMADO SALVADOR, SENHOR NOSSO JESUS CRISTO, que não tem calendário, e que um dia para ele é como 1000 anos e 1000 anos é como um dia; Estamos de pé, firmes na Fé, na Esperança, na União, no Amor, na Paz que há em Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo; nossa Rocha, nossa Luz, nossa Bandeira, nossa força, nossa Vitória. A esperança não alcançada não morreu, e todo objetivo que não foi atingido, metas que não foram cumpridas, sucessos que não apareceram, sonhos que não foram realizados, ao seu tempo, tempo determinado por Deus, tudo se cumprirá, se realizará e tudo será por Deus bem organizado. Tão somente não desistamos não nos acovardamos, não sejamos medrosos, mas, perseverantes, valentes e corajosos em Nosso Senhor Jesus Cristo, nosso Guerreiro Invencível, Leão da Tribo de Judá que tudo pode tudo fará e tudo cumprirá, e que está conosco, e não nos deixará.
Se houve momentos difíceis, se houve dores e lágrimas, Devemos lembrar acima de tudo isso, que não são para ser comparados com a VIDA, E AS DÁDIVAS E VITÓRIAS a nós dada por Deus não só no ano de 2010, mas em todo o nosso viver e peregrinar até aqui. Até aqui nos tem ajudado o Senhor. Esperemos firmemente que nos levará firmes com Ele, não só neste ano que se inicia, 2011, mas a consumação dos séculos, até o porto almejado da Salvação. Tenho por certo que essas momentâneas tribulações, não são para se comparar, com a Glória que nos está reservada.
Que melhoremos nossos testemunhos, nossas obras para com Deus, que sejamos mais amorosos, mais unidos, que os pais amem mais os filhos, ensinando sempre o caminho do Senhor Jesus; que os filhos sejam mais obedientes aos pais, pois é o primeiro mandamento com promessa para que possam ir bem e viverem muitos dias na terra; que as mulheres reverenciem mais os maridos e que os maridos amem mais as esposas; e que sejamos sinceros, amorosos, misericordiosos, bondosos, caridosos, piedosos, espirituais, renunciando sempre as vaidades e com cupis ciência da carne, tementes a Deus e a nosso Senhor Jesus Cristo Esperança nossa. 
E que a Santa Paz de Deus, que excede todo entendimento, encaminhe nossos sentimentos e corações em CRISTO JESUS, nossa Esperança.
DEUS nos abençoe grandemente, e nos de muitos dias de vida com saúde, paz, prosperidades materiais e principalmente espirituais, e conserve nos unidos à sua Amada Igreja para o grande dia da Vinda de nosso Senhor Jesus.

sábado, 22 de janeiro de 2011

“A Morte não é nada...”

Eu somente passei para o outro lado do caminho.
Eu sou eu, vocês são vocês.
O que eu era pra vocês, eu continuarei sendo.

Me dêem o nome que vocês sempre me deram.
Falem comigo como vocês sempre fizeram.

Vocês continuaram vivendo no mundo das criaturas.
Eu estou vivendo no mundo do Criador.

Não utilizem um tom solene ou triste, continuem a rir...
Daquilo que nos fazia rir juntos...

Orem, sorriam, pensem em mim...
Orem por mim...

Que meu nome seja pronunciado como sempre foi...
Sem ênfase de nenhum tipo...
Sem nenhum traço de sombra ou de tristeza...

A vida significa tudo o que ela sempre significou.
O fio que não foi cortado...
Por que eu estaria fora de seus pensamentos?
Agora que estou apenas fora de suas vidas!

Eu não estou longe, apenas estou do outro lado do caminho junto com o nosso Criador.

Você que aí ficou siga em frente.
A vida continua, linda e bela como sempre foi.

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Apresentando nossos anjinhos!

Anita Helena - Pais ( Bárbara e Felipe)
Sophia Gabrielle - Pais ( Evelyn e Tiago)
Manuella Vitória - Pais ( Andréia e Luiz)
Rita de Cássia - Pais ( Patricia e Jadilson)

domingo, 16 de janeiro de 2011

Meu Anjo

Deus olhando para a terra viu muitas mulheres que desejavam
receber um anjo em sua vida e compadeceu-se delas...

Enviou então vários anjinhos do céu. E disse:

- Ide e alegrai estas mulheres na terra por algum tempo!

Ao terminar esse tempo, voltem ao paraíso!


Os anjos obedeceram com presteza e carinho a voz de Deus...
e se empenharam nessa missão tão nobre e linda...

Entretanto, uma dessas anjinhas se apaixonou por uma dessas mulheres ao dedicar-se à essa tarefa,
descuidou-se e entregou-se de corpo e alma para aquela a quem deveria
levar alegria e deu a essa mulher muito mais que Alegria...

deu Amor de forma intensa e encantadora....

tornando-a, a mulher mais feliz entre as mortais!


Porém o prazo terminou e todos os anjinhos retornaram ao paraíso.

E aquela anjinha apresentou-se com lágrimas à Deus e perguntou-lhe:
- Porque o Senhor me trouxe de volta, se com isso iria fazer sofrer
aquela mãezinha que tanto me amava.

Eis que Deus respondeu-lhe:

Ela sofrerá com certeza com lágrimas nos olhos e no coração a sua perda, mas com certeza terá aprendido para sempre a Força do Amor, da Humildade, da Compaixão, do amor ao próximo e saberá que Eu levei seu anjo, pois ele já tinha cumprido a sua missão na terra.
Ela encontrará de novo a alegria de viver quando outro anjo habitar seu ventre.

Consola-te anjinha mesmo não estando juntinho desta mãe!

Pois teu amor viverá nela para sempre mesmo quando estiver amando outros filhos que virão, pois tu ensinaste o Amor eterno ...

E essa era tua missão:
"Fazer dela uma mulher especial escolhida entre muitas mulheres
para ser Mãe de um Anjo!"

Desabafo

Tem tanta coisa que uma mãe órfã de filho sente no coração. Tantas coisas passam pela cabeça. Coisas que antes eram tão importantes, hoje já são sem significado algum. 
A dor de perder um filho é tão enorme que parece que é só a gente que tá sofrendo. Parece que todos caminham de forma natural e que o tempo também está passando, e está! Enquanto nós paramos no tempo. Paramos naquele dia em que devolvemos nossos filhos a Deus. 
Paramos naquele dia em que demos a luz e que sentimos a pele de nossos filhos, e aí olhamos para o céu e agradecemos a Deus pelo presente divino que Ele nos deu. Paramos e lembramo-nos de momentos que nem se quer tivemos, mas que nos fazem tanta falta. Faz falta o sorriso, faz falta amamentar, faz falta ouvir chorar, faz falta trocar, faz falta banhar, faz falta conversar. Muito mais coisas fazem falta e farão falta. Muitos sonhos, muitos planos. 
E o que nos resta é olhar. Olhar a vida passar. Olhar o berço vazio, as roupinhas, os sapatinhos, a decoração do quarto. É como se esse filho fizesse parte da nossa vida há muitos anos. E por sua partida a casa ficou vazia. Esta casa tão pequena que quase não cabe nada. Está enorme. Um vazio tão grande. 
Aí a gente passa a mão na barriga murcha sentindo falta daquele barrigão lindo, e percebe que onde estava o pezinho de nosso bebe ainda é dolorido, e por isso a gente pede a Deus pra essa dorzinha nunca passar, pois é motivo de matar a saudades de quando a gente brincava. Dá até para imaginar o sorrisinho de nossos bebês quando fazíamos cócegas e eles respondiam.  Apesar de estarem na barriga, a nossa imaginação vai longe nesses momentos. Ficamos imaginando, como vão ser? Quem vai puxar? Será grande? E gordinho? 
Toda essa emoção se concretiza no dia do nascimento. E tudo o que você sonhava é superado. É muito mais do que esperamos. É amor verdadeiro. É amor puro. E aí a gente olha para nossos filhos e dizemos: Que Deus te abençoe por toda sua caminhada de vida! 
E nem imaginamos que essa vida toda será tão curta! Quem nunca passou, pode julgar, pode pensar o que quiser. Eu só sei que uma mãe que perdeu um filho NUNCA MAIS SERÁ A MESMA. 
Depois de ler tudo isso, pense bem se a sua unha encravada é realmente um problema! Ela pode ser curada. Pense bem se sua conta atrasada é realmente um problema! Ela pode ser paga. Pense bem se um amor mal resolvido é realmente um problema! Ele pode ser resolvido! Agora um filho devolvido nunca mais poderá ser reclamado!  Simplesmente não volta! Não tem resolução! 
Sendo assim só Deus para nos levar no colo e nos consolar! Aquele ditado é realmente verdadeiro:
DAMOS UM JEITO PARA TUDO! MENOS PARA A MORTE!
Aliás, a única certeza que temos na VIDA é que a MORTE é o destino de todos. 
E é ilário, não aprendemos nunca a aceitá-la!

domingo, 9 de janeiro de 2011

Carta de uma mãe de anjo!

Quando mulheres vivenciam a perda de uma criança, uma das primeiras coisas que elas descobrem ter em comum é uma lista de coisas que elas desejariam que ninguém nunca tivesse dito a elas.
As pessoas utilizam várias formas de comentários tentando ingenuamente nos acalmar.
Talvez tudo o que gostaríamos que fosse feito seria assim:
Quando estiver tentando ajudar uma mulher que perdeu um bebê, não ofereça sua opinião sobre sua vida, suas escolhas, seus projetos para seus filhos. Nenhuma mulher nesta situação está procurando por opiniões (de leigos) sobre porque isto aconteceu ou como ela deveria se comportar. 
Não diga: É a vontade de Deus. Mesmo se nós somos membros de uma mesma congregação, a menos que você seja um dirigente desta igreja e eu estiver procurando por sua orientação espiritual, por favor, não deduza o que Deus quer para mim. A vontade de Deus é que ninguém sofra. Ele apenas permite. Apesar de saber que muitas coisas terríveis que acontecem são permitidos por Deus, isto não faz estes acontecimentos menos terríveis.
Não diga: Foi melhor assim havia alguma coisa errada com seu bebê. O fato de haver alguma coisa errada com o bebê é que me faz tão triste. Meu pobre bebê não teve chance. Por favor, não tente me confortar destacando isto. 
Não diga: Você pode ter outro. Este bebê nunca foi descartável. Se tivesse a escolha entre perder esta criança ou furar meu olho com um garfo, eu teria dito: Onde está o garfo? Eu morreria por esta criança, assim como você morreria por seu filho. Uma mãe pode ter dez filhos, mas sempre sentirá falta daquele que se foi.
Não diga: Agradeça a Deus porque você perdeu seu filho antes de amá-lo realmente. Eu amava meu filho ou minha filha. Ainda que eu tenha perdido meu bebê tão cedo ou quando nasceu, eu o amava. 
Não diga: Já não é hora de deixar isto para trás e seguir em frente? Esta situação não é algo que me agrada. Eu queria que nunca tivesse acontecido. Mas aconteceu e faz parte de mim para sempre. A tristeza tem seu tempo que não é o meu ou o seu. 
Não diga: Eu entendo como você se sente. A menos que você tenha perdido um bebê, você realmente não sabe como eu me sinto.
Não finja que nada aconteceu e não mude de assunto quando eu falar sobre o ocorrido. Se eu disser antes do bebê morrer... Ou quando eu estava grávida, não se assuste. Se eu estiver falando sobre o assunto, isto significa que quero falar. Deixe-me falar. Fingir que nada aconteceu só vai me fazer sentir incrivelmente sozinha. 
Diga: Eu sinto muito. É o suficiente. Você não precisa ser eloquente. As palavras dizem por si. 
Diga: Ofereço-lhe meu ombro e meus ouvidos. 
Diga: Vocês vão ser pais maravilhosos um dia ou vocês são os pais mais maravilhosos e este bebê teve sorte em ter vocês. Nós dois precisamos disso. 
Diga: Eu fiz uma oração por vocês. Mande flores ou uma pequena mensagem. Cada uma que recebi me fez sentir que meu bebê era amado. Não envie novamente se eu não responder. 
Não ligue mais de uma vez, e não fique brava (o) se a secretária eletrônica estiver ligada e eu não retornar sua chamada. Se nós somos amigos íntimos e eu não estiver respondendo suas ligações, por favor, não tente novamente. Quando me sentir preparada retornarei sua ligação.
Não deixe de me visitar por que não tem um bebê para ver. Neste momento o que menos precisamos é ficar sozinhas. Mas não me visite se lamentando o ocorrido. Não venha me abraçar questionando a Deus, por que isto está acontecendo? Apenas me abrace.
Se você é meu chefe ou companheiro de trabalho: Reconheça que eu sofri uma morte em minha família não é simplesmente uma licença médica. Reconheça que além dos efeitos colaterais físicos, eu vou estar triste e angustiada por algum tempo. Por favor, me trate como você trataria uma pessoa que vivenciou a morte trágica de alguém que amava. Eu preciso de tempo e espaço. 
Por favor, não evite trazer seu bebê ou filho pequeno para eu ver. Não evite falar de sua sobrinha grávida, ou da sua irmã que teve um bebê há pouco tempo, por favor, não é isso que eu quero. Não é por que meu bebê não está mais entre nós que não ficarei feliz em ver seu filho, sobrinho, afilhado, ou desejar que outras gravidinhas sejam felizes com seus bebês. Talvez eu me emocione ao ver seu bebe sorrindo, mas isso não significa que estou triste em vê-los.
Lembre-se: A palavra morte é pequena e fácil de dizer. Mas a morte do meu bebê é única e terrível. Vai levar um bom tempo até que eu descubra como conviver com isto sem me emocionar.
Dessa forma com certeza irá ajudar!

sábado, 8 de janeiro de 2011

Não chore mais

Mamãe...
Tenho visto suas lágrimas e me entristeço de te ver assim.
Você não sabe que o Papai do Céu tem cuidado de mim?
Eu sei que você queria muito que eu estivesse juntinho de você, eu também gostaria de receber seus carinhos, seus beijinhos, o seu amor. Se eu estivesse aí mamãe eu não seria uma criancinha normal como você imagina, pois  a minha saúde não era perfeita, eu iria lhe causar muita  tristeza, pois eu seria muito doentinho, você não teria tempo para mais nada, nem mesmo para se alimentar direito. Eu iria ficar mais tempo internado no hospital do que em casa. Os médicos iriam encher meu corpinho de picadas de agulha, meus olhinhos iriam derramar muitas 
lágrimas de dor.
Papai do céu me ama muito, pois Ele me fez a sua imagem e semelhança Ele não queria me ver sofrer assim, por isto Deus me levou para morar com Ele. No céu mamãe não tem choro, não tem tristeza, não tem dor. Você não
seria tão egoísta a ponto de querer que eu estivesse ao seu lado mesmo sofrendo, seria? Acredito que não, não é mesmo mamãe?
Eu estou muito feliz aqui, os anjinhos do céu brincam o tempo todo comigo, existe um grande jardim com flores de todas as cores que exala o mais delicioso perfume. Estou enviando um anjinho da guarda para  confortar seu coração, ele vai te acompanhar até que você esteja melhor. Mamãe eu quero ver você sorrindo novamente, a minha ausência não é o fim, é apenas um breve intervalo. Um dia a gente vai se encontrar, eu vou poder te abraçar e seremos muito felizes, eu, você e o papai na  eternidade. Você não pode morrer junto comigo, se assim fosse o papai do céu teria levado você também, se Ele te deixou na terra é para você continuar vivendo, fazendo planos, e quem sabe arrumar outro irmãozinho pra mim. A vida é tão linda mamãe, olhe ao seu lado e veja tudo de bom que o papai do céu fez para você:
• Fez o sol para te aquecer;
• Fez as flores para perfumar o seu jardim;
• Fez as borboletas para enfeitar a natureza;
• Fez a chuva para derramar gotas de alegria sobre a terra;
• Fez a semente para germinar esperança no seu coração;
• Fez os pássaros para voar como os anjos no céu;
• Fez as estrelas para iluminar a sua noite;
• Fez o arco-íris com todas as cores para dar mais cor a sua vida;
Todas estas coisas somente Deus pode fazer, e somente Ele pode devolver para você a alegria de viver novamente, basta você acreditar que Ele existe. Deus é amor mamãe, Ele só quer o seu bem e o meu também. Não pense que Deus te abandonou que Ele não ouviu suas orações, Ele ouviu sim, mas Ele te poupou de uma dor ainda maior, a dor de ver seu próprio filho sofrendo.
Deus te ama mamãe, com o tempo você vai se conformar, e vai lembrar-se de mim não com tristeza, mas com saudades.
Até logo mamãe, eu te amo e sempre te amarei.
Não chore mais.